Presença Franciscana na Paróquia Cristo Rei, S. J. do Rio Preto/SP, é entregue a Diocese local

Neste domingo, dia 02 de setembro de 2018, a Paróquia Cristo Rei, na cidade de S. J. do Rio Preto/SP, celebrou a posse de seu novo pároco, Pe. José Irineu Vendrami, pertencente ao clero diocesano deste bispado.

Desde 2013, com a anuência do bispo diocesano Dom Tomé Ferreira e na pessoa do Frei Flaerdi Valvassori, OFM, a nossa Custódia Franciscana do Sagrado Coração de Jesus esteve presente na evangelização pastoral desta Paróquia. Assim sendo, foram quase cinco anos de serviços franciscanos-paroquiais prestados nesta Igreja particular.

Porém, com o desafio contemporâneo – à nível de Ordem dos Frades Menores – do ‘redimensionamento’ de nossas presenças fraternas, e aqui sendo escolhida como uma das presenças a serem deixadas, nós os Franciscanos fizemos a devida transição para que, a partir de agora, essa Paróquia seja assumida pelo próprio clero local.

Contando com uma Matriz paroquial lotada, a Santa Missa das 9:30h teve a presidência do Pe. José Vince (coordenador da região pastoral São Judas Tadeu, da qual esta Paróquia faz parte, e que veio em nome do bispo dar a posse). Também estavam presentes seminaristas do propedêutico, o novo pároco Pe. Irineu e representando a Custódia, única e exclusivamente, Frei Leandro José, OFM, até então pároco.

Isto posto, concluímos com ‘chave de ouro’ a breve, porém significativa passagem dos freis da Custódia, por esta porção do povo de Deus que nos foi confiada aqui na diocese do Rio Preto/SP.

Agradecemos ao ‘apoio’ e ao ‘engajamento’ de todos os confrades, que ao longo destes quase cinco anos estiveram aqui presentes e atuantes. Que Nosso Senhor Jesus Cristo, Rei do Universo, reine cada vez mais em nossas vidas, em nossas Fraternidades e em nossa Custódia!

Desejamos ao neo-pároco, Pe. Irineu, muitas bênçãos e graças no desempenho de sua missão nesta nova fase paroquial.

E a todos/as os/as paroquianos/as da Matriz Cristo Rei, da Comunidade Sagrado Coração de Jesus e da Comunidade N. Sra de Guadalupe, pedimos que as sementes da espiritualidade e mística Franciscanas aqui semeadas possam brotar e dar muitos frutos de paz e bem!

Frei Leandro José Sanches, OFM




 

Outras Postagens

Início