2º Dia do Capítulo: “Um dia de muito trabalho, partilha e reflexão!”

Iniciando nosso dia, com as bênçãos de Deus, os frades da Custódia partilharam à mesa da Eucaristia, celebrando em intenção à Evangelização dos Povos, além de rezarmos ao cântico das Laudes. Frei Valdemir, OFM, (Miro) presidiu a Celebração e observou que “o Capítulo é um momento muito importante, tempo de reafirmarmos nossa opção pela Vida Religiosa”, assim, não podemos colocá-lo a serviço de nós mesmos. Após os louvores matinais, dirigimo-nos todos à partilha do pão, na alegria e na presença dos irmãos e, logo depois, na sala de reunião, com a leitura da ata do dia anterior redigido pela Secretaria Capitular. Também, tivemos a apresentação do Relatório do Secretariado de Formação e os Estudos.

Frei José Luiz da Costa, OFM, e Frei Roberto Luiz dos Santos, OFM, abordaram todas as etapas de formação, comentando e aguçando a reflexão dos Capitulares que, após uma pausa para o café, se reuniram em grupos de estudo (“coetus capitularium”) formalizando o pensamento acerca das propostas oferecidas. No retorno à sala, foi a vez de ser apresentado o Relatório da Economia por Frei Reinaldo Silva Augusto, OFM, dando o panorama econômico e patrimonial da nossa instituição e algumas projeções futuras.

Em seguida, os grupos de estudos se reuniram para uma reflexão em conjunto, debatendo e formando argumentos que se fizeram pertinentes. É na partilha sincera e no amor à nossa Custódia, tendo em vista o bem comum, que os frades capitulares se atêm, estendendo os pontos conforme a necessidade, para tornar clara a proposta, para que haja vista a votação. Em seguida, rezamos à mesa agradecendo os dons recebidos e, retornamos no início da tarde, com a apresentação do Relatório da Secretaria de Evangelização e Missão por Frei Valdemir Nelo Rufino, OFM, (Frei Miro) e do Relatório do Serviço de Justiça, Paz e Integridade da Criação por Frei Rodrigo de Castro Amedée Péret, OFM. Em mais uma reunião dos grupos de estudos, os Capitulares reforçaram e deliberaram as propostas de redimensionamento e seguiram para as Plenárias, que é uma oportunidade de expor os pensamentos dos grupos sobre todos Relatórios apresentados e traçar pontos em comum.

Como propõe o dia, as prévias das eleições foram feitas, já dando um norte aos frades capitulares, ajudando na sua escolha para o Governo do próximo triênio. O desejo de atingir o bem-estar dos frades, do bom seguimento das nossas atividades nos serviços custodiais, forja o clima fraterno sereno, com objetividade nas propostas, sem deixar de propor soluções aos grandes desafios. Foi nesta confiança que o dia se encerra, com a meditação da Coroa Franciscana presidida pelo Frei João Antônio Veiga Bizerra, OFM, com muita fé, piedade, fervor e com os irmãos na partilha da mesa.

O Senhor da graça continue dando bom andamento a todos os trabalhos de nossos frades que, com fé e vontade, querem acolher a missão de frade menor e anunciar o Evangelho aonde o Senhor nos enviar!

Em Francisco e Clara de Assis,

Frei Luciano Cruz, OFM




 

Outras Postagens

Deixe uma resposta

Início