5º Dia do Capítulo: “Comecemos, irmãos, pois até agora, pouco ou nada fizemos!”

Francisco, ao fim de sua caminhada terrena, exortava seus irmãos com tais palavras: “Comecemos, irmãos, pois até agora, pouco ou nada fizemos!”. Como Igreja reunida em torno do altar do Senhor, celebrando a Festa da Basílica de Latrão, os frades da Custódia rezaram a Oração das Laudes, cantando os salmos e agradecendo por mais um dia concedido pela misericórdia de Deus. Logo após o café, os frades capitulares se reuniram novamente para os grupos de estudo, agora com a única tarefa de formar o Plano Custodial para o Triênio com três prioridades, traduzindo tudo o que foi comentado, partilhado e debatido em propostas claras para o Governo Custodial possuir objetivos bem definidos para poder atuar.

Antes de se fazer os encaminhamentos, foi executado o vídeo gravado de nossos confrades missionários em terras italianas, Frei Ademir Francisco Matilde, Frei Patrick Roberto de Souza e Frei Pedro Neto Alves Lima, com a mensagem de esperança, carinho e fraternidade. Assim como nossos capitulares, também eles possam anunciar o Evangelho aonde o Senhor os enviou como sinal profético!

Houve ainda uma plenária mais específica, após estes grupos, no desejo de se tornar unânime as prioridades e poder, cada frade e cada Serviço Custodial, recomeçar com novo vigor o próximo triênio. Com sentimento de ponderação e levando à reflexão, Frei Ivo abordou sobre as visitas canônicas, sobre a motivação que levam os frades a prosseguirem em fraternidade, em itinerância; Frei Fernando recordou o clima sereno e fraterno do Capítulo, desejando que fortaleça nossas dimensões pessoais e perdure todo o triênio em nossas relações interpessoais. A seguir, com um intervalo, todos os irmãos se dirigiram para a Celebração Eucarística de Encerramento do Capítulo, com a presidência de nosso Visitador Geral e Presidente do Capítulo, Frei Ivo Müller.

Nossos confrades que desempenham desde já o encargo de governo na Custódia, foram chamados à frente do altar para o Lava-Pés: “é assim que farão neste triênio ante os irmãos, no serviço à Custódia, ao exemplo dado por Jesus no Evangelho”, como foi dito por Frei Ivo que solicitou à Equipe Preparatória que assim fosse feito. Além disso, cada membro do Conselho Custodial atual recebeu dos membros do conselho anterior o avental de serviço, “sinal do serviço, como nossa mãe que exerce seu poder no limpar, no cuidar da casa e dos filhos, sempre com a roupa de trabalho e com o avental.”

Nossa Custódia, em grande clima emotivo, de forte espiritualidade, ainda se alegrou com o aniversário de Vida Religiosa do nosso Confrade Frei Cármine Mattia, OFM, que na oportunidade “renovou” seus votos de obediência, pobreza e castidade emitidas a Deus, com o júbilo de 60 anos servindo sob o hábito franciscano.

O Senhor que nos envia para ao mundo em testemunho de menores e itinerantes, tal como seu Filho Jesus Cristo, intensifique todos os frades da Custódia, todos os Serviços, na ternura e no vigor de estarmos no “mesmo sentimento de Cristo”, anunciando e seguindo o Evangelho, indo ao encontro dos mais necessitados de nosso tempo e sem deixar de serem profecia e luz dentro da Igreja e em saída.

A todos e todas, toda a Paz e todo Bem!
Continuemos, irmãos, a anunciar o Evangelho, o Senhor nos envia!

Frei Luciano Cruz, OFM




 

Outras Postagens

One thought on “5º Dia do Capítulo: “Comecemos, irmãos, pois até agora, pouco ou nada fizemos!”

Deixe uma resposta

Início