XXV Assembleia segue sendo espaço de partilha de vida, experiência e frutuosa convivência

A Assembleia dos Frades de Profissão Temporária da Custódia Franciscana do Sagrado Coração de Jesus iniciada no último domingo (03), segue sendo espaço de partilha de vida, de soma de experiências e frutuosa convivência entre seus membros, junto aos paroquianos e na presença no Educandário Santo Antônio e na Casa de Santa Clara. Na terça-feira (04), às 15h, os frades foram à Escola do Fundamental I e II para participar com as crianças e as professoras de um momento orante com a Novena de Natal. Em seguida, a diretora pedagógica Mariângela apresentou o Projeto de Ação Socioeducativa (PASE) com sala de artesanato com trabalhos sob orientação da professora Neusa, visando o evento do Almoço Beneficente para as crianças, professores e parceiros da instituição, salas de xadrez, quadras de esportes, bosque e a exposição comemorativa dos 60 anos do Educandário Santo Antônio de Bebedouro aos cuidados da professora Adriana. A seguir, todos foram conhecer a Educação Infantil e a Casa de Santa Clara, conhecendo todo o espaço, a estrutura, os projetos desenvolvidos e a equipe que abraça a causa da infância e da juventude ‘por todas as razões’. Nosso confrade Frei Luís Fernando Nunes Leite, OFM. presidiu a Celebração Eucarística com os frades professos temporários e todo o povo de Deus. Logo após, em clima fraterno, a OFS e a JUFRA local se reuniram aos frades para degustar e confraternizar em família (junta panela).

Na quarta-feira (05), elevando os louvores matinais a Deus, os frades membros da Assembleia se reuniram em torno do altar e, depois partilharam a mesa em fraternidade. Seguindo o que fora predeterminado, o dia de eleições para os cargos de Moderador, Secretários e os Representantes dos Frades de Profissão Temporária aconteceu com tranquilidade, fortalecendo o espírito de unidade, de responsabilidade ativa e comunhão de ideais. Firmando na alegria da fraternidade, todos seguiram para o passeio fraterno, com o almoço e confraternização na casa de uma benfeitora. O dia ficou marcado pela proximidade, alegria e clima despojado.

Em mais um dia de Assembleia (06), os frades membros foram convocados a meditar a Lectio Divina na Capela Conventual, orientando mente e coração para o dia em que se seguirá o Retiro em Preparação para a Renovação dos Votos. Juntos ao assessor convidado, nosso confrade Frei Wagner Theodoro Gleyson, OFM. (pároco da Paróquia Santo Antônio Maria Claret e Santo Antônio de Sant’Ana Galvão em Ribeirão Preto, SP), se dirigiram à Fazenda Trindade, auxiliados por uma benfeitora paroquiana, para refletir acerca do tema da Assembleia, Projeto Pessoal de Vida. Em duas falas, uma pela manhã e outra pela tarde, seguido de deserto e consistente reflexão trabalhando a dimensão humana, os frades temporários da Custódia foram questionados: “Quais são suas prioridades? O que, de fato, você quer para sua vida?”, uma vez que se manter na inércia de mudanças, o risco de frustração é iminente. Em vista disso, Frei Wagner ressaltou que conflitos daquilo que se pretende fugir diante das feridas pessoais podem vir à tona passados uns 50 anos de vida, justamente aquilo em que se tentou negar e não integrar durante a vida. A crise que possa decorrer diante desse processo é fruto daquela decisão amadurecida gerada para então gerenciar com compromisso o próprio hoje e ter uma visão do futuro, a partir de uma relação com o passado. Por este norte, o Projeto Pessoal de Vida torna o sentido da própria vida consciente, pois “mudar é difícil, mas não mudar é fatal”. Neste prisma de reflexão e confronto pessoal, os frades professos temporários presentes redigiram a Fórmula de Profissão Religiosa, no intuito de viver mais um ano a graça e o dom da vocação franciscana.

Encerrando o Retiro, todos os frades professos temporários se dirigiram à capela da Fazenda, celebrando a Eucaristia às 18h30, sob a presidência do Frei Wagner, ao qual interpelava sobre o dia reflexivo que convergia com o ‘homem prudente que construiu sua casa sob a rocha’ (Mt 7,24). “Chamados antes a sermos bons seres humanos, tudo que daí decorre é consequência”, abordou Frei Wagner. Confirmados pelo envio do Senhor, retornou-se para a Fraternidade local, agradecendo a Deus pelo dia e encerrando com muito sucesso mais um dia, pleno de significado e de realizações. Assim, imbuídos do espírito franciscano, desejamos firmar e orientar nosso coração e nossa humanidade ao Homem-Deus, Jesus Cristo, que em tudo realizou o projeto da Salvação, colocando nossa vida a serviço, em minoridade e itinerância, como o Seráfico Pai São Francisco. Além disso, pedimos vossas orações para mantermos fieis ao propósito divino ao qual professamos diante de Deus, junto aos irmãos de Ordem, a toda Igreja e ao Povo de Deus.

O Senhor vos dê a paz!               

Frei Luciano Souza da Cruz, OFM




 

Outras Postagens

Deixe uma resposta

Início