Frei Cármine Mattia celebrou seus 60 anos de sacerdócio em Ribeirão Preto/SP

Ontem (12), Frei Carmine Mattia, OFM, junto com alguns frades da Custódia e um amigo padre, e a comunidade da Paróquia Santo Antônio Maria Claret e São Frei Galvão localizada na Vila Recreio da cidade de Ribeirão Preto/SP, teve a graça de presidir a Celebração Eucarística na qual rezou na sua intenção pelos 60 anos de vida sacerdotal. 

Frei Carmine, no momento da homilia, deixou palavras de revigoramento e de entusiasmo que carrega em sua vida, e dois pontos fundamentais e que foram e são importantíssimos na sua caminhada vocacional, na qual destacamos em sua fala: “Duas coisas que são fundamentais que destaco e carrego nessa longa caminhada de minha Vida Religiosa Franciscana: a observância e vivência do Santo Evangelho, ou seja, o exemplo significante da pessoa de Jesus Cristo em minha vida e que me faz continuar firme no proposta vocacional que abracei e o despojamento que, olhando para São Francisco de Assis, me inspirou e facilitou a não deixar me apegar a coisas que poderiam me levar ao comodismo.”

Frei Cármine Mattia, OFM

Frei Cármine chegou ao Brasil em 31 de outubro de 1959, Uberaba/MG. A partir de 24 de julho de 1960 os franciscanos se fizeram presentes em Canápolis-MG, Paróquia de Nossa Senhora de Fátima e São Sebastião, começava a história da paróquia com os Franciscanos e vice-versa. O trabalho eficiente e generoso dos frades não ficou somente na organização da paróquia, apesar de todas as dificuldades, ele foi além do âmbito de um trabalho pastoral. Os franciscanos assumem a responsabilidade de dar continuidade a uma construção, que incialmente era para ser uma escola de nível ginasial. A escola cresceu e se equipou. Em 1963 os frades Cármine e Giovanni assumem a direção da escola. O período que vai de 1964 a 1969 é rico de realizações. Ora diretor, às vezes secretário e principalmente professor, era a rotina. Também faziam a limpeza, e por muitas vezes confundidos serventes de pedreiro ou como mecânicos. Cadê o Padre? Era a pergunta costumeira. Frei Cármine lembra que chegou a ficar com saudade do macarrão, era necessário às vezes apelar pelos conhecimentos de arte culinária. Foi assim que se tornou um grande cozinheiro.

No final do ano de 1969 foi para a Paróquia São Pedro de Capinópolis/MG. O Concílio Vaticano II já havia realizado e produzidos algum documentos, que despertou no Frei Cármine um forte entusiasmo quanto à participação dos leigos na pastoral. Foi um momento de grandes mudanças “Foi preciso exercer bem a paciência e aprender a escutar bastante: assim a gente foi mudando”, recorda.

Com o passar do tempo às coisas foram se ajustando, prova é que em uma ata de visita pastoral realizada por Dom Estevão Cardoso de Avelar, então Bispo da Diocese de Uberlândia/MG, reconheceu os frutos dessas realizações. “Sinceramente o trabalho do vigário Cármine é de tão boa qualidade que seria pena ser prejudicado por um relacionamento um tanto deficiente …. Peço a Deus que lhe dê forças para continuar caminhada tão bem começada”.

O que se percebeu é que havia um entusiasmo tão grande que parecia não haver dificuldades ou empecilho que não pudesse ser superado. A Igreja se torna mais ativa, com uma participação maior dos irmãos. Ninguém mais vai assistir a missa, vai sim participar. Frei Cármine ressalta que a Igreja não é dele, mas de todos.

Passou por Uberaba/MG para auxiliar o Frei Romilson, OFM, ele foi designado para a casa de apoio ‘A Pequena Casa de São Francisco de Assis’. Foi no período de 2003 e 2004. Nesse período foi mestre na educação, mestre de obra, pedreiro, pintor, encanador, eletricista e mais algumas profissões que ele sabe exercer muito bem. Foi transferido para Olímpia/SP. e agora esse homem de grande sabedoria chega para enriquecer a nossa paróquia. Seja bem vindo Frei Cármine.

Frade de Profissão Solene | Presbítero

Data de Nascimento: 17/07/1933 | Natural: Grassano/MT – Itália

Vestição: 1951

Primeira Profissão: 01/11/1952

Profissão Solene: 09/11/1958

Ordenação Diaconal: 1959

Ordenação Presbiteral: 12/07/1959




Outras Postagens

Deixe uma resposta

Início