Frades reuniram-se na Semana de Estudos Franciscanos em Franca/SP

Aconteceu do dia 15 a 20 de julho, na cidade de Franca, em São Paulo, a Semana de Estudos Franciscanos da Custódia Franciscana do Sagrado Coração de Jesus.

Essa Semana de estudos intensivos, foi assessorada pelo Prof Luís Hinrichsen (PUC-RS), que nos fez mergulhar e ter um contato apaixonante pela Filosofia e Teologia Franciscanas através dos Mestres da Escola, sobretudo, na perspectiva de São Francisco, São Boaventura e o Beato Duns Scotus. Tematizando, assim, Teoria do Conhecimento, Concepção do Ser, Antropologia etc.

Contudo, examinando os fundamentos desde estudos de textos das Fontes e dos Escritos de São Boaventura, por meio da via de identificação, definição e relacionamento de conceitos e na consideração de um pensar que nos faça pessoas e frades melhores.

Diante dos temas abordados, o “Itinerarium mentis in Deus” mostra as condições através das quais o ser humano pode realizar uma compreensão filosófica de Deus. A finalidade desse escrito não é estabelecer uma pesquisa racional orientada para encontrar a Deus, mas, sim, deseja apresentar o caminho a ser iniciado por um homem orante, que deseja iniciar uma ascese espiritual na direção de Deus. São seis graus divididos em três setores: fora de nós e acima de nós, a saber: o mundo, a alma e Deus.

Já na esteira escotista, o ato de pensar é todo um conjunto inseparável de Filosofia, Teologia e Espiritualidade. Por conseguinte, se a razão nos encaminha à verdade, mas, é finita, limitada, o recurso à Fé qualifica a Filosofia. Ademais, se a Filosofia tem por missão a evidência racional do seu objeto, reclamando a adesão do entendimento; já, a Teologia é adesão ao Mistério e explicitação da verdade revelada, o Evangelho. Assim, a Filosofia é recurso que possibilita autêntica metafísica que prepara o filósofo à auscultação do Mistério via Revelação.

Fica clarividente, portanto, que fizemos um passeio nas sendas do Patrimônio da Espiritualidade Franciscana, que se funda em Nosso Santo Pai São Francisco de Assis, na qual São Boaventura e o Beato Duns Scotus bebem e abstraem-se de suas divinas inspirações, embasadas e concatenadas no Cântico da Fraternidade Universal e no modo de como um franciscano deve cuidar e ser na inserção humanitária.

Verificamos, por fim, na Escola Franciscana, que Deus faz maravilhas e através dos místicos, intelectuais anunciaram o Evangelho do amor, do acolhimento e da misericórdia para com os mais fracos e sofredores. Com o coração agradecido por tão grande Dom à Ordem Seráfica, nós pedimos: intercedam por nós junto a Deus, para que possamos vivenciar na comunidade eclesial, os valores evangélicos que de modo tão luminoso viveram. Dá-nos a coragem e perseverança na fé e abertura ao Espírito Santo Deus, para que possamos nas veredas desse vale, ser sal da terra e luz do mundo.

Dessa maneira, concluímos essa belíssima Semana de Estudos com muito saudosismo e com muitas inquietações para os próximos encontros…

Paz e Bem!

Frei Carlos Eduardo de Sousa, OFM




 

Outras Postagens

Deixe uma resposta

Início