III Encontro Nacional de Irmãos Leigos Franciscanos acontece em Lagoa Seca/PB

É fato que vivemos dias difíceis: a forte polarização política, a desunião social e a comunicação violenta entre as pessoas pode a muitos desanimar. Essa realidade, que irmãos da Ordem dos Frades Menores (OFM), Capuchinhos (OFMCap), Conventuais (OFMConv) e da Terceira Ordem Regular (TOR) chamam de “tempos de barbárie”, exige testemunhos de fraternidade. Por isso, desde ontem (5), estão reunidos no histórico Convento Ipuarana (dos OFM) em Lagoa Seca – PB, cerca de 50 frades irmãos leigos.

O encontro começou com o almoço, ao meio dia, e após a oração de abertura a equipe preparatória – que organizou a reunião nos últimos dois anos – acolheu os irmãos que chegavam, com muita música e descontração franciscana. 

Frei Olávio José Dotto, OFM, assessor das pastorais sociais da  CNBB, abriu as assessorias com uma análise de conjuntura: “as pessoas estão tratando os que pensam diferente como inimigos”, alertou. A partir da Evangelii Gaudium, exortação apostólica do Papa Francisco, pediu aos frades que “não tenham nojo dos pobres” e que participem de um processo de “humanizar o ser humano”, que cada vez menos reconhece o outro como irmão.

O encontro também reflete sobre a profecia, testemunhar a paz e o bem neste contexto de sociedade. 

Entre os convidados estão Maria José Coelho, ministra da OFS nacional, que agradeceu o apoio dos frades nas fraternidades da Ordem Franciscana Secular e pediu que continuem liberando irmãos para trabalharem com as famílias; Frei João Amilton dos Santos, Ministro Provincial anfitrião, que exortou aos frades o desejo de que no futuro não existam mais diferenças práticas entre os clérigos (frades ordenados sacerdotes) e os leigos: “Ministros Gerais irmãos!”, disse; e o Frei Carlos Pestana, capuchinho do Maranhão, representando os frades. 

Por: Paulo Henrique
Assessoria de Comunicação e Imprensa Capuchinhos/SP

Imagens: Frei Lorrane, OFM, e Paulo Henrique

Fonte: capuchinhos.org.br




 

Outras Postagens

Deixe uma resposta

Início