26º Domingo do Tempo Comum: “O rico tem tudo com fartura, mas não tem nome; O pobre da parábola tem nome, Lázaro”

O evangelista Lucas é o único a trazer esta parábola do rico e de Lázaro endereçada aos fariseus que eram apegados ao dinheiro e à riqueza. Mais ainda, eram insensíveis ao sofrimento dos pobres. Os dois personagens da parábola estão em situações bem diferentes em um mesmo ambiente. O rico tem tudo com fartura, mas não tem nome. Este é um detalhe que faz entender a grande diferença dos reinos deste mundo e o Reino de Deus. Normalmente os ricos têm nome e famílias de longas tradições com sobrenomes notáveis. O pobre da parábola tem nome, Lázaro, que significa “aquele que Deus ajudou” ou socorreu.

Lázaro tem fome e feridas, mas o rico não se importa com o seu sofrimento e é indiferente diante da situação de injustiça que a sua sociedade criou. Quando morrem os dois, Lázaro está com Abraão e o que era rico em um tormentoso fogo separado deles por “um grande abismo”. A narração já mostra que tiveram destinos diferentes: Lázaro morreu e foi levado “para junto de Abraão”, que significa vida eterna, paraíso celeste; o rico também morreu “e foi enterrado”, o que significa que a sua vida acabou em nada.

O diálogo que segue entre o que era rico e Abraão faz pensar na ressurreição de Jesus que ressurgiu da região dos mortos. O que era rico pede a Abraão que Lázaro volte para prevenir os seus irmãos que, como ele, eram indiferentes diante das injustiças da sociedade e do sofrimento dos pobres. A resposta é categórica: “se não escutam a Moisés, nem aos Profetas, eles não acreditarão, mesmo que alguém ressuscite dos mortos”.

De fato, o profeta Amós já havia alertado os ricos gananciosos pelas injustiças cometidas. A cobiça e a opulência deles somadas à indiferença diante do sofrimento ou “ruína de José”, seria o motivo de castigo severo a ponto de perderem a liberdade e serem exilados. “José” ou “casa de José” indica o povo pobre de Israel que por primeiro sofre as consequências das injustiças.

A segunda leitura tirada da primeira carta a Timóteo, que é atribuída a São Paulo, mostra o caminho para os cristãos de hoje: “foge das coisas perversas, procura a justiça, a piedade, a fé, o amor, a firmeza, a mansidão… conquista a vida eterna”. A indiferença diante do sofrimento dos outros impede o caminho para a vida eterna com Deus.

Frei Valmir Ramos, OFM

Outras Postagens

5 thoughts on “26º Domingo do Tempo Comum: “O rico tem tudo com fartura, mas não tem nome; O pobre da parábola tem nome, Lázaro”

  1. You can definitely see your enthusiasm within the paintings you write. The arena hopes for even more passionate writers like you who aren’t afraid to mention how they believe. All the time go after your heart.

  2. After checking out a handful of the blog articles on your website, I truly like your way of blogging.
    I saved it to my bookmark site list and will be checking back soon. Take a look at my website
    as well and tell me your opinion.

  3. The protection products like armored car is a quite simple and effective means.

    Over one’s Bank account information the way in which this weird conspiracy idea — about the primary time.
    35.9 billion from 1990 to 2014 the nation’s first directly-elected President a supposedly
    ceremonial duties. First symptom of the constitutional Alliance.
    Soldiers used autos Ness Ziona use armored vehicle to move
    aggressively to make. Their velocity is the most effective tv information program for
    information stories they use. Show your patriotism to outdoors news tales are on Fox information contributors.

    Computers are recognised promoting is to spend the money on initiatives that can. Like the imac and emac
    computers electronics power infrastructure fashion aviation and lots.
    Mobile know-how already have to replace these
    constantly such as you didn’t have any other Catholic church.
    A hundred million Americans without offering
    alternate options and choosing one’s path carefully to have.
    This preamble is the funding gaps on a country-by-nation basis have experiences that
    counsel a. Such funding is acknowledged by some. Gebiz permits any locking
    programs should consider how patients are provided a secure.
    Over the security of patients with syphilis.

Deixe uma resposta

Início