A possibilidade do encontro com o Transcendente no “Itinerário da Mente para Deus” de São Boaventura

RESUMO – O presente artigo tem por interesse encontrar os elementos elucidativos da constituição e formação do indivíduo em âmbito educacional e pedagógico na Filosofia Boaventuriana (Itinerário da Mente para Deus – 1259), sempre a partir de elementos oriundos do meio sensível, onde o próprio indivíduo habita, e conciliados com a intervenção divina. Tratar-se-á também a respeito de sua concepção de mundo e da forma como o intelecto e a razão interagem com os elementos constituintes do meio sensível, sempre a partir da Luz provinda do Sumo Bem.

Para tanto, entender o pensamento de Agostinho de Hipona e daqueles que seguiram seus passos no campo filosófico-teológico como uma escola de pensamento medieval, facilitar-nos-á a compreenSão daquilo que Boaventura desenvolve como conceito de ser humano e sua relação progressiva com o meio a fim de alcançar os saberes necessários para seu crescimento individual e encontro com o transcendente, além de ajudar-nos a traçar uma linha de compreenSão acerca da própria escola franciscana.

Frei Everton Leandro Piotto, OFM


Baixe aqui o Artigo:



 

Outras Postagens

Início