Neste sábado, 23 de novembro, a Igreja no Brasil se prepara para celebrar a abertura do Ano do Laicato

Após as comemorações do Ano Nacional Mariano, instituído pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), a Igreja no Brasil se prepara agora para celebrar a abertura do Ano do Laicato no próximo dia 26 de novembro. Com o tema “Cristãos Leigos e Leigas, sujeitos na ‘Igreja em saída’, a serviço do Reino” e o lema “Sal da Terra e Luz do Mundo”, a iniciativa de acordo com o papa Francisco, deseja fazer crescer “a consciência da identidade e da missão dos leigos na igreja”.

“O Ano do Laicato nos empolga e fomenta em nós uma feliz e agradável expectativa, para juntos escutarmos o que diz o Espírito Santo aos nossos corações e assumirmos a ação transformadora na Igreja e no mundo. A obra é de Deus e de todos nós”, afirma o presidente da Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato da CNBB, dom Severino Clasen.

O bispo espera que no Ano do Laicato, a partir de cada reflexão, os leigos possam ouvir Jesus Cristo os chamando e os enviando para serem sal, luz e fermento na massa. “Vamos todos, através da oração e meditação da Palavra de Deus, de olhos abertos para a realidade onde vivemos, transformar as injustiças em relações de paz e amor”, exorta.

Para o bom êxito do Ano Nacional do Laicato, que seguirá até o dia 25 de novembro de 2018, o assessor da Comissão para o Laicato, Laudelino Augusto dos Santos Azevedo aponta que é preciso em primeiro lugar a abertura do coração, presença e participação de todos. “É participando que a gente vai adquirir conhecimentos, experiências, vai entender melhor a nossa identidade como cristão leigo e leiga, a nossa vocação, espiritualidade e missão”, garante.

Laudelino faz ainda um apelo para que todos contribuam com o sucesso do Ano do Laicato: “Você aí que é cristão leigo e leiga ou você que tenha algum ministério na igreja mesmo não sendo ordenado, religioso ou religiosa, diácono, bispo ou presbítero você pode com a sua presença, com a sua participação, levar o bom êxito para o Ano Nacional do Laicato.

Subsídios – Para vivenciar a proposta do Ano, a Comissão Especial para o Ano do Laicato preparou alguns subsídios que contém orientações metodológicas para as comunidades. Um deles é composto por orientações para os grupos de reflexões e o outro por propostas de celebração.

Para ela, ter esse contato com o material é um momento também de aprendizado. “A partir do material que estamos produzindo, vamos aprendendo sobre qual é o nosso papel dentro da Igreja, dentro do mundo em que vivemos e também vamos passando isso para as pessoas que estão à nossa volta e as pessoas com as quais convivemos”, afirma.De acordo com a secretária da Comissão para o Laicato, Pietra da Silva os membros da Comissão Especial para o Ano do Laicato estão muito felizes com a procura do material pelas dioceses e paróquias. “A gente recebe muitos e-mails e telefonemas; todo mundo solicitando o material e é aí que a gente percebe que o Ano do Laicato está acontecendo e está acontecendo em todos os regionais e em todas as dioceses”, afirma.

Além dos roteiros para as comunidades, a Comissão disponibilizou também o cartaz oficial do Ano do Laicato, além de banners. Os materiais podem ser adquiridos no site da editora da CNBB – Edições CNBB.

Fonte: cnbb.net.br


Hino oficial do Laicato 2017

                                                   Adenor Leonardo Terra

G                            C 
Vós sois o sal da terra, vós sois a luz do mundo,
Bb              A        G        D         G 
Levai aos povos todos o amor, meu dom fecundo!
G                            C 
Teu Reino, ó Jesus Cristo, queremos propagar,
Bb                A        G     D         G    
Seguindo o teu exemplo, o mundo transformar!

G                                D 
Sendo membros do teu corpo, que é a Igreja,
  Em              A                             D 
Cristãos leigos e leigas construímos nova história!

{{refrao}}

G                          D 
Instruídos por tua santa Palavra,
   Em          A                       D 
Chamados e enviados para cumprir a missão!

{{refrao}}

G                           D 
Alimentados por teu corpo e sangue,
  Em             A                   D 
Assumimos, com coragem, a nossa vocação!

{{refrao}}

G                                D 
“Chamados, antes de tudo, à santidade,
       Em        A                  D 
Interpelados a viver a santidade no mundo!”

{{refrao}}

G                                        D 
“Sal da terra, luz do mundo, fermento na massa”,
Em              A               D 
Não deixamos de ser “ramos na Videira”!

{{refrao}}

“Na família, no trabalho, na política,
Em todos os âmbitos de atividade humana!”

{{refrao}}

“Verdadeiros sujeitos eclesiais,
Aptos a atuar na Igreja e na sociedade!”

{{refrao}}




 

Outras Postagens

Início